Tendência de Tecnologia

Confira 5 tendências em proteção de dados para você ficar de olho

Proteção de Dados
Escrito por HD Store

Na nossa realidade, que está cada vez mais integrada à tecnologia, a proteção de dados é um assunto que tem ganhado notoriedade e gerado preocupações às empresas.

No entanto, este tema engloba muito mais do que simplesmente eliminar vulnerabilidades nos sistemas e protegê-los contra invasões de usuários mal-intencionados. Lapidar a segurança dos dados, além de uma questão de necessidade, proporciona mais resultados positivos à sua empresa.

A importância da segurança de dados

Considerando a dimensão deste tema, abordaremos, a seguir, alguns tópicos relacionados à segurança da informação e a importância deles em uma companhia. Confira!

1. Confidencialidade

Esse conceito não dita que as informações permaneçam sempre ocultas ou indisponíveis, mas sim que apenas as pessoas autorizadas estejam aptas a acessar os dados.

A confidencialidade na proteção de dados é essencial pois é possível se certificar de que, por exemplo, apenas os administradores tenham acesso a determinados dados sobre um cliente, funcionário ou produto, garantindo a segurança da organização como um todo.

2. Integridade

A segurança da informação nas empresas também preza pela integridade dos dados e busca garantir que o conteúdo desses arquivos permaneça sempre seguro e protegido. Um arquivo armazenado sob esse propósito não costuma sofrer danos, seja por ação externa ou interna.

Além disso, falhas técnicas podem ocorrer e nesse momento é de extrema importância que os documentos estejam intactos. Neste ponto, a realização de um backup passa a ser um recurso necessário para que se tenha dados íntegros a longo prazo.

3. Disponibilidade

Ao trabalhar com dados que estão sob sistemas de proteção adequados, podemos ter uma garantia maior de que eles estarão no lugar certo, no momento em que for necessário. Essa é uma propriedade essencial para o bom funcionamento dos processos de uma empresa.

A disponibilidade também é uma questão relacionada ao uso de dispositivos móveis e da computação em nuvem, visto que a utilização dessa vantagem permite que o usuário acesse informações e sistemas de qualquer lugar do mundo, o que reforça ainda mais a sua importância.

4. Autenticidade

A autenticidade, que tem sido a cada dia um assunto de mais importância, está vinculada a alterações de dados que só podem ser feitas por meio da concessão de permissões específicas. Isso pode, por exemplo, impedir que dados se corrompam ou tenham seu conteúdo alterado erroneamente, já que pessoas não autorizadas não poderão fazer tais alterações.

Como um meio de entender a importância desse fator, considere que os contracheques dos funcionários de sua companhia são gerados de forma digital. Se não houver um sistema de autenticação para essas folhas de pagamento, será muito mais fácil, por exemplo, algum funcionário acessar o sistema e modificar seu pagamento, garantindo, indevidamente, mais lucro.

5. Confiabilidade

A confiabilidade é um tema diretamente ligado à autenticidade: uma vez que exista a garantia de dados autênticos, isso aumentará a relevância e confiabilidade neles.

Dessa forma, as informações podem ser utilizadas com a convicção de que tudo está sendo feito corretamente, evitando preocupações como conferências de valores altos, o que certamente tornará o andamento das tarefas muito mais ágil e produtivo.

Além disso, softwares de gestão são facilmente aplicáveis a esse contexto, visto que, a partir do momento em que a empresa tem um sistema de autenticação e processos confiáveis, é possível transferir a obtenção e análise de informações a esses softwares, o que garantirá muito mais agilidade a todo o processo.

As tendências em proteção de dados

Uma veloz transformação tem ocorrido no ramo de backup e recuperação de dados. Isso tem acontecido graças aos novos desafios que têm surgido, que vão desde soluções específicas até o auxílio em questões já desgastadas e que necessitam de mudanças cruciais sobre as possibilidades de recuperação de dados empresariais.

Nesse sentido, os provedores de soluções precisarão disponibilizar serviços que facilitem a proteção em uma gama de ambientes ainda mais extensa, com bons recursos para recuperação de dados e que possibilitem a redução de gastos das empresas.

Assim, algumas tendências têm surgido e certamente serão essenciais na orientação das próximas tecnologias e processos empresariais. Veja algumas delas, a seguir:

1. Contratação de serviços externos

Uma grande parte das multinacionais utiliza empresas com experiência no ramo da segurança de dados para realizarem o monitoramento remoto dos sistemas, fechando brechas, evitando ataques de criminosos ou problemas relacionados à integridade dos arquivos.

Agora, as pequenas e médias empresas em expansão também podem contar com a qualidade das terceirizações de segurança, dado o ótimo custo x benefício que essa facilidade tem proporcionado ao segmento.

Isso ocorre pois, mediante essa estratégia, pode-se ter uma gestão de dados com os melhores métodos e tecnologias disponíveis no mercado. Além disso, seu time de desenvolvimento passa a ter mais liberdade para focar nos projetos e clientes da companhia.

2. Utilização de soluções híbridas

A quantidade de soluções de backup e restauração tende a crescer, com o auxílio de infraestruturas cloud computing compatíveis com a conservação de dados a longo prazo.

Ao utilizar a recuperação de desastres em nuvem como um serviço (DRaaS), a empresa pode conseguir benefícios bastante expressivos por meio da redução de custos, quando em comparação aos métodos tradicionais de recuperação, isso sem prejudicar o desempenho das máquinas.

3. Autenticação de dois fatores

A autenticação de dois fatores é uma camada extra de segurança, implementada no processo de login em sistemas. Essa tecnologia tende a ser um padrão permanente na área da segurança da informação.

Esse novo meio de proteger os sistemas — que é bastante utilizado por instituições financeiras — reduz drasticamente os perigos de uma senha roubada ser utilizada para acessar dados confidenciais das organizações.

4. Proteção de dados em sistemas virtuais

Os sistemas de monitoramento, migração, armazenamento e replicação de dados continuarão recebendo avanços em segurança da informação.

A partir do momento em que há um crescimento na adoção de sistemas virtuais, os provedores precisam fornecer suporte para ambientes mistos com base em hypervisors, visto que diversas empresas ainda necessitarão de sistemas físicos para seus softwares.

5. Utilização da nuvem

O crescimento no número de aplicações empresariais na nuvem tem intensificado a necessidade da segurança de dados nesses ambientes. Por conta disso, as soluções em backup e restauração têm trazido novos métodos para garantir a proteção desses sistemas no que diz respeito a conservação de longo prazo, além de atender os requisitos das instituições.

É preciso realizar diversas mudanças para que se possa atender bem a essas demandas. Assim, as empresas do futuro devem, desde agora, se preparar para essa nova realidade.

Então, considera importantes essas tendências na proteção de dados? Compartilhe este post agora mesmo nas suas redes sociais e ajude outras pessoas a estarem por dentro dessas novidades!

Sobre o autor

HD Store

Deixar comentário.

Share This