Segurança

Vale a pena investir em segurança da informação nas grandes empresas?

Segurança da Informação nas Empresas
Escrito por HD Store

As informações são consideradas o principal patrimônio de qualquer negócio. Por meio delas, é possível sobreviver e adotar estratégias para se destacar num mercado cada vez mais acirrado. Por isso, para manter esses dados em sigilo, é fundamental investir em segurança da informação nas empresas.

Existem casos famosos de instituições que não se atentaram à proteção dos dados e tiveram graves prejuízos. É preciso lembrar que a internet oferece inúmeras possibilidades, porém também é uma área de grande risco.

E você não quer ser mais um desses exemplos, não é mesmo? Então, confira por que vale a pena investir em segurança da informação agora mesmo.

Proteção para as informações sigilosas

Se a sua rotina envolve backups, conferência de links e protocolos de rede, você sabe que existem milhares de informações privadas no sistema da empresa, não é mesmo?

Podem ser dados do cliente, como cartão de crédito, endereço e telefone. Ou ainda, estratégias para vender mais, se destacar no mercado e melhorar a imagem da organização.

Por isso, com a segurança da informação, esses aspectos são totalmente protegidos, o que dificulta o acesso de hackers que podem invadir o sistema.

Prevenção contra o sequestro de dados

Infelizmente, é cada vez mais comum que softwares maliciosos ataquem máquinas em qualquer lugar do planeta. Eles são malwares cuja finalidade é sempre causar prejuízos, sejam eles financeiros ou operacionais.

Geralmente, eles bloqueiam um computador de destino, criptografam os seus dados e impedem que o usuário tenha acesso ao seu próprio dispositivo. Ele só é liberado depois do pagamento de uma alta quantia em dinheiro ou bitcoins — esse é o caso do ransomware.

Pense nessa situação em empresas de grande porte, no qual os prejuízos podem ser incalculáveis. E mesmo que você tenha um backup, se ele for armazenado de maneira incorreta, os hackers também terão acesso a ele.

Cuidado com a reputação da empresa

As vendas pela internet só aumentam, mas muitos usuários ainda se sentem inseguros ao revelar seus dados no ambiente online. Uma pesquisa realizada em 2015 apontou que 36% das pessoas têm receio de fazer pagamento no meio digital e o principal motivo é a falta de confiança.

Por isso, a sua empresa deve zelar pelas informações dos seus consumidores, já que se elas caírem em “mãos maldosas”, os estragos podem ser gigantes.

E, diante de um problema desse, a reputação da marca pode ser destruída, pois ela não se preocupou em cuidar de elementos de extrema importância.

Prevenção contra a paralisação do sistema interno

Dentro de uma organização existem diversos softwares, como:

  • de estoque;
  • de vendas;
  • de fornecedores;
  • de cadastro e muito mais.

Imagine se todos esses dados forem perdidos? Como o negócio vai funcionar sendo que é totalmente dependente deles?

Quando o problema é muito grave, o sistema pode demorar a voltar ou até mesmo não ser recuperado. Mas, com a adoção de técnicas de segurança da informação, esse tipo de imprevisto não ocorre e a empresa continua funcionando normalmente.

Aumento das vendas da organização

Conforme já dissemos, a falta de segurança é dos principais fatores que levam muitas pessoas a desistirem de comprar na internet.

Em contrapartida, se há preocupação com os dados do cliente, se o site se mostra confiável e presta um serviço de qualidade, as chances de as vendas aumentarem são muito grandes.

Afinal, a organização manterá os usuários seguros — fator de grande importância para recomendação do negócio para outras pessoas.

Dicas para manter a segurança da informação nas empresas

Agora que você já sabe que investir em segurança da informação nas empresas é imprescindível, confira algumas dicas para manter os fatores internos protegidos:

1. Conscientização da equipe

Os funcionários devem estar alinhados com a política do negócio. Portanto, é importante desenvolver treinamentos para que todos saibam como lidar com dados secretos.

É fundamental que eles entendam que são proibidos de revelar informações confidenciais, seja por telefone, e-mail ou qualquer outro canal de comunicação.

2. Profissionais qualificados

Contar com profissionais de tecnologia da informação capacitados é essencial para que eles possam cuidar de qualquer problema nos softwares. Logo, contratar pessoas qualificadas é primordial para manter a segurança dos dados internos.

3. Controle de acesso

Para que nenhum dado se perca ou seja divulgado incorretamente, é importante controlar o acesso dos usuários. O ideal é que possam ter contato apenas as pessoas envolvidas nos projetos.

4. Atualização de sistemas

Não adianta investir em várias técnicas de segurança se os sistemas não estiverem atualizados. São eles que vão proteger a empresa.

5. Criação de uma política de segurança

Uma boa estratégia para se proteger de malwares é criar uma política de segurança. O ideal é estabelecer defesas aplicáveis para todas as áreas da organização. Assim, softwares maliciosos serão controlados e danos podem ser revertidos.

6. Armazenamento de dados em nuvem

Cloud Computing é um dos mecanismos em grande expansão e se tornou um dos principais fatores de segurança da informação nas empresas. Os dados armazenados na nuvem podem ser acessados de qualquer lugar, o que garante maior flexibilidade e facilidade nos processos internos.

Além disso, os documentos podem ser visualizados apenas por pessoas determinadas e existe a possibilidade de serem acessados por dispositivos móveis.

7. Política de vendas bem definida

O cliente precisa se sentir seguro ao fazer uma compra no site. Para isso, é indispensável que o negócio tenha uma política de vendas bem definida, que vai estabelecer regras sobre privacidade, pagamento, reembolso, troca e muito mais.

Comunicar ao consumidor sobre esses detalhes é imprescindível para a compra seja concluída e que ele volte a converter outras vezes.

Instituições que desejam se destacar no mercado e atrair mais clientes precisam ficar atentas à segurança da informação. Caso dados privados sejam acessados por pessoas não autorizadas, os prejuízos podem ser imensos.

E, quando falamos em grandes organizações que dependem de sistemas diversos para funcionar, esse problema é ainda maior. Portanto, cuidar desses fatores deve ser uma das prioridades de qualquer negócio.

E aí, gostou do nosso texto sobre a importância da segurança da informação nas empresas? Então, aproveite e assine a nossa newsletter para receber mais conteúdos como este!

Sobre o autor

HD Store

Deixar comentário.

Share This