Segurança

Rede corporativa: como aumentar a velocidade e a estabilidade?

rede corporativa
Escrito por HD Store

Em um ambiente corporativo cada vez mais conectado, dinâmico, complexo e, sobretudo, com a maioria de seus processos regidos por meio digitais, possuir uma estrutura de rede corporativa competente é essencial. Isso porque temos uma rotina cada vez mais sedenta por agilidade e precisão na execução de seus processos operacionais estratégicos.

A competitividade do mercado moderno exige que os negócios sejam feitos com extrema qualidade e rapidez. Para que isso seja possível, é necessário aliar a expertise de negócio e modelo operacional da organização a uma infraestrutura de rede que comporte com maestria todos esses processos. A pergunta é: como aumentar velocidade e estabilidade da sua rede corporativa?

Confira neste artigo 4 dicas de como potencializar a rede corporativa da sua organização e otimizar os processos.

1. Mantenha a infraestrutura atualizada

Frequentemente são desenvolvidas e lançadas diversas soluções tecnológicas voltadas para a infraestrutura de redes. Novos equipamentos de storage e armazenamento, softwares, aplicativos e protocolos são alguns dos exemplos de soluções que surgem no mercado com certa frequência.

Estar atento a esses novos recursos é imprescindível para manter a sua rede corporativa atualizada e performática. Afinal, as novas soluções e os lançamentos costumam corrigir possíveis problemas, são mais funcionais do que suas versões anteriores e agregam maior compatibilidade a sistemas e equipamentos.

2. Configure corretamente todos os dispositivos

Aqui se encontra um dos grandes gargalos das redes corporativas modernas: má configuração dos equipamentos. Possuir equipamentos de ponta e não os configurar corretamente impede o usufruto de toda a sua performance e dificulta o alcance do ROI do investimento feito.

Procure compreender as necessidades de uso dos usuários e setores das organizações para que, com o entendimento dos requisitos da operação, seja possível configurar todos os seus ativos de TI de modo a obter a melhor performance possível e otimizar a rede corporativa.

3. Monitore constantemente a rede corporativa

Por mais que a política de uso da organização esteja bem definida e clara, e por melhor que tenha sido a configuração e a integração dos equipamentos, problemas como utilização indevida da rede e defeito mecânico ou de performance com os ativos são bastante comuns. Assim, é preciso estar atento a isso.

Utilize metodologias de gestão de rede e softwares de monitoramento competentes para avaliar constantemente a performance das soluções de software e hardware da rede corporativa. Assim será possível tornar a otimização da rede um processo proativo, detectando problemas e gargalos de forma antecipada, evitando dores de cabeça

4. Segmente os recursos da rede

Dentro de uma organização, é bastante comum que alguns setores, sistemas e máquinas necessitem de mais recursos — como armazenamento, processamento e tráfego — do que outros, em virtude dos tipos de processos que precisam executar na rotina da empresa.

Avalie as necessidades de uso de cada um dos setores, considerando a quantidade de máquinas, sistemas e processos executados. Segmente a utilização da rede, definindo uma estratégia ideal de priorização de tráfego.

Com isso, o desperdício e a ociosidade de recursos são evitados e se obtém ganho de performance.

A gestão de uma rede corporativa é um processo bastante complexo e que exige conhecimento, atenção e proatividade na gestão de ativos e recursos de software. Em cenários de mercado cada vez mais competitivo e dinâmico, possuir uma infraestrutura de rede funcional e atualizada é primordial para a gestão de processos e negócios.

Essas dicas ajudaram você a ter insights para otimizar a sua rede? Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo sobre redes, armazenamento e muito mais, direto na sua caixa de e-mail!

Sobre o autor

HD Store

Deixar comentário.

Share This