Segurança

O que fazer para evitar vulnerabilidade na rede?

vulnerabilidade na rede
Escrito por HD Store

Nenhum usuário ou empresa deseja ter seus dados sequestrados por culpa de uma vulnerabilidade na rede. Entretanto, ataques desse tipo já são uma realidade comum no mundo cibernético e afetam as companhias de modo ainda mais grave, já que, além dos prejuízos em produtividade e lucros, existe o risco de enfrentar as consequências de quebras de contrato, como ações judiciais decorrentes de perdas ou vazamentos.

Neste ano, a empresa de hospedagem Nayana — situada na Coréia do Sul — foi vítima de um ataque, em que mais de 150 servidores foram invadidos por conta de falhas na segurança. Além de obter o controle dos equipamentos, os cibercriminosos também acessaram grande parte dos dados de clientes. Em decorrência disso, cerca de 3,4 mil usuários sofreram, sendo, em sua maioria, companhias de pequeno e médio porte.

Além disso, os criminosos exigiram 550 bitcoins como resgate. Somente após diversas negociações é que se conseguiu uma redução de US$ 1 milhão em bitcoins, realizando o pagamento de forma parcelada. Esse é um exemplo do que as empresas têm enfrentado com ataques de hackers. Hoje, o mundo dos negócios depende tanto da tecnologia da informação, que ela chega a ser peça fundamental para o funcionamento da companhia.

Assim, por conta do crescimento no número de ataques virtuais nos últimos anos, as empresas estão investindo em formas de aumentar a segurança de suas redes e dispositivos. Com isso é possível manter a empresa protegida contra imprevistos e ataques. Nesse sentido, listamos, a seguir, algumas dicas de como melhorar a segurança da rede e evitar o roubo de dados da sua companhia. Acompanhe!

1. Implementação de senhas de acesso

Apesar de ser desagradável para muitos, a implementação de senhas internas de acesso é uma medida necessária para rastrear possíveis acessos e roubos de senhas no ambiente empresarial.

Ao saber com precisão quem acessou determinados setores ou arquivos, as informações ficam mais protegidas, além de permitir que os funcionários tenham respaldo em casos de acusações indevidas de roubo de dados, por exemplo.

2. Realização de backups diários

Realizar o backup dos arquivos é a melhor forma de proteger a empresa contra erros de sistema e ataques de ransomware, visto que os dados são mantidos em outro local, podendo ser recuperados conforme for necessário.

É possível investir em servidores para o backup ou utilizar serviços de armazenamento em nuvem. A depender do caso, pode-se escolher um ou outro, analisando-se o que é mais viável em aspectos técnicos e financeiros.

3. Bloqueio automático de conteúdo malicioso

Sites e conteúdos maliciosos são páginas criadas com a intenção de espalhar vírus e roubar dados que podem ser utilizados por cibercriminosos para comprometer o trabalho da sua empresa ou para a realização de atividades ilegais.

Para evitar isso, é preciso instalar programas de segurança para bloquear conteúdo do gênero na sua rede. Além disso, outra dica é a instalação de softwares nos computadores para o escaneamento de downloads realizados, de modo que inutilizem possíveis malwares baixados.

4. Atualização de sistemas operacionais

Atualizar os sistemas operacionais e programas dos equipamentos é uma tarefa fundamental para que a sua companhia possa estar protegida contra as falhas de segurança identificadas pelos fabricantes.

Cada vez que os sistemas são atualizados, a empresa pode trabalhar de forma mais tranquila e com uma probabilidade cada vez menor de prejuízos com ataques cibernéticos.

5. Controle de acesso à Internet

É preciso ter cuidado ao acessar links externos e sites desconhecidos, já que existe a chance de ter a rede ou o dispositivo infectado por spywares, ransomwares e outros tipos de pragas virtuais que podem trazer sérios prejuízos à instituição.

Definir uma política de acesso a esse tipo de conteúdo certamente auxilia no processo de conscientização dos colaboradores, proporcionando uma segurança maior para a rede da sua empresa. Para essa tarefa, um firewall de controle de acesso à internet é uma ferramenta de grande ajuda.

Curtiu conhecer essas dicas sobre como evitar vulnerabilidades na rede corporativa? Conhece alguma que não foi citada? Então comente abaixo e ajude mais pessoas a protegerem suas empresas de ciberataques!

Sobre o autor

HD Store

Deixar comentário.

Share This