Tendência de Tecnologia

Impressoras 3D e a Quarta Revolução Industrial: entenda essa união

Impressoras 3D e a Quarta Revolução Industrial
Escrito por HD Store

As impressoras 3D estão revolucionando o modelo de fabricação no mundo. Desde objetos simples de decoração até órgãos e casas, essas belezinhas estão fazendo a diferença na vida do ser humano. Atualmente, estamos no processo da Quarta Revolução Industrial e as impressoras 3D também estão sentindo os impactos desse processo. Veja o que as impressoras 3D e a Quarta Revolução Industrial estão aguardando para nós.

O que é a Quarta Revolução Industrial?

Realidade virtual, inteligência artificial, realidade aumentada, robôs, hologramas, Big Data, algoritmos, nuvem, impressoras 3D, óculos de imersão virtual, internet das coisasinteligência cognitiva, Watson… São várias as novas (e brilhantes!) tecnologias inventadas atualmente.

Isso tudo é a Quarta Revolução Industrial! O tempo da máquina a vapor já se passou faz tempo, agora são os robôs com inteligência cognitiva virando atendentes em lojas que farão a diferença brutal em nosso dia-a-dia. Tudo bem, você pode não achar que são os futuros (ou já atuais?) robôs atendentes numa lanchonete farão uma Revolução Industrial, mas certamente uma impressora 3D imprimir um coração, vai.

Anos atrás, as impressoras 3D conseguiram ajudar pássaros que perderam o bico a terem um bico novo. Hoje, elas constroem casas e pontes! Já pensou em ter uma casa impressa? Isso sim é diferença.

Impressoras 3D e a Quarta Revolução Industrial

A Quarta Revolução Industrial é a convergência das tecnologias digitais, físicas e biológicas. O Big Data uniu-se às redes sociais, que se uniram aos algoritmos, que se uniram à inteligência artificial, que se uniu ao seu smartphone – e ao smartphone de várias outras pessoas. 

Fora os avanços da neurociência por conta das tecnologias de varredura e da engenharia genética. Ambas estão crescendo graças ao avanço da tecnologia. Assim, a ciência se uniu à tecnologia e isso tudo está prestes a chegar no nosso cotidiano. 

O que as impressoras 3D têm com tudo isso?

Na verdade, muita coisa! Você já ouviu falar o Ink Food? Ele é o primeiro restaurante a servir somente comida impressa. Sim, por uma impressora 3D de doces e salgados. Os pratos precisam de ingredientes frescos e alguns e gastronomia molecular para serem feitos. Chique, não é? Veja o vídeo de como o Ink Food funciona.

Na medicina, a impressão 3D assume um papel muito mais sério do que na gastronomia. As principais ideias para as impressoras são de substituição de órgãos funcionais, entretanto, isso ainda fica para o futuro. A empresa brasileira BioArchitetcs afirma que ainda vai demorar quase 10 anos para órgãos como o coração serem impressos e substituídos em cirurgias. Enquanto essa futuro não chega, as impressoras estão sendo utilizadas para projetar cirurgias, substituir cadáveres nas aulas de anatomia e criar pele para transplante de pacientes que sofreram graves queimaduras ou para impressas de cosméticos que não querem mais utilizar testes em animais. Veja este vídeo sobre a impressão 3D na medicina.

A questão aí começa a entrar no mercado. Faltam agências que regulem esse tipo de produto para, finalmente, ser comercializado. Outra questão que causa muitos problemas no mercado das impressoras 3D é o preço delas. Muitas vezes as impressoras 3D são cobiçadas por consumidores ou por empresários, mas o preço acaba desanimando muitos projetos de poderiam, sim, ser inovadores.

Agora, tudo tem um jeito, não é? Se você sonha em ter uma impressora 3D, criar e desenvolver suas ideias, você deve procurar pelo Fab Lab mais próximo de você!

Comente o que você esperaria imprimir de uma impressora 3D!

Sobre o autor

HD Store

Deixar comentário.

Share This