Dicas Negócios Segurança

Como melhorar o sistema de segurança de dados da sua empresa?

A segurança de dados e da informação é um elemento cada vez mais crítico para empresas privadas e também órgãos públicos, que devem necessariamente intervir em vários aspectos: tecnológicos, organizacionais e formativos.

Com tantos avanços tecnológicos, investir em medidas para aumentar a segurança de dados nas empresas é praticamente um requisito obrigatório para quem deseja blindar o seu negócio contra ameaças e ataques virtuais, mantendo a sua continuidade e confiabilidade. 

Basta apenas uma pequena vulnerabilidade no sistema para que dados corporativos sigilosos acabem nas mãos de hackers, provocando um enorme prejuízo para a organização, funcionários, fornecedores, clientes e demais acionistas. 

Neste artigo, vamos trazer as principais dicas para que consiga melhorar a segurança de dados de sua empresa. Confira! 

 

5 dicas para aumentar a sua segurança de dados

 

1. Conheça os seus dados

Se você fosse vítima de um ataque no seu sistema amanhã, saberia informar quais dados são mais valiosos e que, caso fossem perdidos, seriam mais prejudiciais para o seu negócio? Pois é, esses são justamente os dados que você precisará focar em seu trabalho de proteção, incluindo a limitação do número de pessoas que têm acesso a eles.

Um dos principais benefícios de trabalhar com a proteção de seus dados, é ter a garantia de que também irá conhecer a fundo toda a sua estrutura de organização e armazenamento.

 

2. Atualize seus programas regularmente

Cada atualização de sistema é importante para corrigir possíveis bugs e erros em softwares e aplicações. Alguns gestores e diretores de TI não fazem esse processo periodicamente, muitas vezes, por falta de tempo, deixando o sistema mais suscetível a ataques de cibercriminosos, podendo resultar em grandes dores de cabeça no futuro.

Para evitar esse tipo de problema, o ideal é automatizar as atualizações, para que todos os dispositivos conectados ao sistema corporativo sejam periodicamente aperfeiçoados, tornando a segurança da informação cada vez mais eficaz e robusta.

 

3. Faça backup regularmente

O uso de backups já deve ser uma parte crucial da sua estratégia de segurança de TI desde o início da operação. Com os backups seguros, você pode sobreviver a tudo, desde a exclusão acidental de arquivos até o bloqueio completo de ameaças exteriores.

Como prática recomendada de segurança, os dados de backup devem ser armazenados em um local remoto e seguro, longe do local principal dos negócios.

 

4. Limitar a autorização de acesso

É importante manter um controle rígido sobre todos que têm acesso à infraestrutura de TI da companhia, limitando assim o seu acesso a arquivos e sistemas críticos.

Pode-se minimizar os privilégios e conceder acesso apenas aos dados de que cada departamento realmente precisa. Adotar logs de uso e aplicações de monitoramento é importante para que, caso ocorra algum problema, será mais fácil identificar a brecha e a sua origem. 

 

5. Invista em firewall, antivírus e antispam

Ter estas três ferramentas instaladas, operantes e atualizadas é fundamental para aumentar a segurança da informação nas empresas. Elas devem ser instaladas tanto na infraestrutura de TI como nas estações individuais de trabalho, para que a proteção seja global.

Este cuidado é importante para evitar que ameaças on-line ou que venham a partir de dispositivos portáteis (como pen drives e CDs) comprometam o sigilo das informações da organização.

Os filtros antispam são altamente recomendados, pois evitam que os colaboradores caiam nas armadilhas digitais, permitindo que eles possam executar suas atividades diárias sem quaisquer problemas.

 

Sabe de mais alguma dica? Compartilhe com a gente aqui nos comentários!

Sobre o autor

Giulia Davanso

Deixar comentário.

Share This