Armazenamento

Como funciona o Big Data?

Escrito por HD Store

O Big Data está presente na nossa vida e em nosso cotidiano (mesmo que você não saiba disso). Ele é o processo de coletar e armazenar uma grande quantidade de dados que podem ser interligados entre si e gerar informações úteis.

Esses dados podem gerar informações importantes para empresas e organizações. Tudo isso com a ajuda de estatística (e muita conta). Há análises para saber o que se deve fazer e análises para saber o que vai acontecer. 

Os cinco V’s

Vamos abordar, primeiramente, o que seria um bom Big Data. Há cinco coisas que devem ser respeitadas para se ter boas análises do Big Data, sendo volume, velocidade, variedade, variabilidade e vínculo.

Quanto mais informações, melhor. Isso quer dizer volume. Com uma grande quantidade de dados, é possível ter insights melhores e mais eficientes, pois as informações ficam mais detalhadas. Como são armazenados esses dados? Em HD’s em servidores! Há a possibilidade de ser em SSD’s também, entretanto essa alternativa é mais cara e, por isso, menos e comum e viável. Podemos armazená-los na nuvem também, sem problemas.

Tudo bem, você conseguiu um grande número de dados. Agora precisa transportá-los para outro servidor ou para onde você quiser. Imagine se todos esses dados forem devagarzinho mudando de lugar? Sim, seria um inferno. Por isso há a necessidade de velocidade no Big Data. A velocidade é importantíssima para lidar com um volume gigantesco de informações!

Agora, não adiante pegar informações de somente um site, um blog, uma página no Facebook. Para boas análises, é importante ter variedade! Você precisa ter coletado dados dos mais diferentes meios. Eles podem ser ações no Facebook, blog, LinkedIn, site, marketplace, etc. 

Se o seu objetivo é entender o motivo das pessoas comprarem mais tal produto de sua loja ou estarem comprando menos ou qualquer outra coisa, seus dados têm que estar correlacionados. Isso é o que chamamos de vínculo. Não adianta pegar as informações de lojas ou sites que não tem nada com o seu público-alvo, não é mesmo?

Muito bem, agora você já sabe o que é um Big Data completo! Quer saber como coletar essas informações e armazená-las? No geral, são passos simples para criar um Big Data: coletar, armazenar, organizar e analisar.

Como coletar dados para o Big Data?

big data

Para coletar um grande volume de dados também é preciso variar eles, para seguir os cinco V’s. Há diversas formas de coletar dados, como: cliques em anúncios, informações de dispositivos (seja PC, notebook, celular, tablet, etc.), endereço de e-mail, recomendações no Google, reconhecimento facial, localização, dados do sistema operacional e muitos outros. Talvez você tenha se sentindo perseguido agora, mas fique calmo, o objetivo é vender e agradar o cliente.

Ok, mas não adianta ter vários meios em mente de monitorar sendo que não sabemos como monitorar todos esses dados. Por isso você deve usar cookies, tecnologias de identificação de dispositivo, links traqueados, aplicativos de rastreamento, mecanismos de buscas, etc.

Como armazenar esses dados?

Por isso existem os servidores! Servidores são, basicamente, “galpões de informação”. Mas, lembre-se dos cinco V’s!

Os servidores do tipo storage são especializados em armazenar essa quantidade gigantesca de dados. São lugares com vários e vários HD’s funcionando em RAID (todos juntos). Quase esse tipo de HD que você está utilizando neste momento. Um tipo de HD que funciona perfeitamente em RAID é o IronWolf da Seagate (veja mais sobre os Guardiões da Seagate aqui). 

Como organizar os dados coletados?

big data

O mercado de desenvolvimento de softwares para filtrar os dados em Big Data está crescendo cada vez mais. É quase impossível seres humanos sem a ajuda da tecnologia organizar milhares e milhares de dados. Imagine, por exemplo, tendo que transportar um milhão de arquivos de vários locais para pastas “cliques em anúncios” ou “interações no Facebook”. Seria horrível, não é mesmo? Por isso, nessa parte nós utilizamos com toda certeza a ajuda da tecnologia!

Como analisar os dados?

Para isso, é necessário um profissional formado em Big Data Analytics. As informações e os insights não surgirão do nada! Um profissional de TI deve utilizar e criar ferramentas para correlacionar os dados e gerar informações. Isso pode parecer simples para alguns e muito complicados para outros, mas, na realidade, é o trabalho de um cientista de dados.

Gostou do que a informação pode te proporcionar? Comente suas experiências com o Big Data!

Sobre o autor

HD Store

Deixar comentário.

Share This