Backup

Backup em nuvem: conheça os prós e contras desse investimento

Backup em Nuvem
Escrito por HD Store

A computação em nuvem, um conceito que muitas vezes é mal interpretado, é agora uma forte tendência no setor de TI. A nuvem não é uma figura nebulosa e branca flutuando pela atmosfera, mas sim uma instalação de armazenamento para todos os seus dados aqui na Terra.

Essas instalações de armazenamento são chamadas de data centers, e têm a capacidade de revolucionar a maneira como você conduz seus negócios.

Como a computação em nuvem vem se tornando uma parte essencial do mundo empresarial, é sua responsabilidade procurar entender o que é, quais problemas ela resolve e quais são as principais soluções disponíveis.

Com 75% dos negócios já usando a nuvem ou planejando isso em 2017 (de acordo com o Gartner), não se integrar à nuvem neste momento pode acabar custando caro à sua empresa.

Neste artigo, explicaremos não só como o backup na nuvem funciona, mas também suas diferenças com o armazenamento local e as principais vantagens e desvantagens de adotar a cloud. Acompanhe!

Como funciona o backup em nuvem

Fato é que, se você ainda não estiver na nuvem, está desperdiçando diariamente recursos valiosos. Mas não precisa ser desse jeito! Embora a nuvem seja de fácil integração, implementá-la pode ser uma decisão difícil sem entender completamente como ela funciona e quais são suas vantagens e desvantagens.

Atualmente, existem duas abordagens populares para o backup de dados em nuvem: Software-as-a-Service (SaaS) e serviços híbridos de armazenamento em nuvem.

Como uma alternativa ao software no local e ao armazenamento secundário, o SaaS funciona como um aplicativo web nativo hospedado e operado em um local central e acessado por meio de um navegador com acesso à internet.

O SaaS é tipicamente caracterizado por oferecer uma infraestrutura compartilhada entre todos os seus assinantes (e que, portanto, fica mais em conta para cada um deles), ser escalável e manter os dados virtualmente separados e seguros. A empresa contratante paga uma assinatura mensal que será equivalente somente àquilo que utilizar.

Os serviços de armazenamento em nuvem híbridos são uma mistura de componentes on e off premises. Para o backup, a organização de TI tem controle on premise de software e, opcionalmente, de hardware, juntamente com serviços ou infraestrutura de alavancagem off premise (grandes centros de dados com poderosos computadores e recursos de rede e armazenamento).

Os serviços de backup em nuvem híbridos são cobrados do cliente com base no consumo — a partir de dados como capacidade e largura de banda.

O backup baseado em nuvem possui vários benefícios. Ambas as abordagens de tecnologia de backup em nuvem são convenientes porque:

  • as informações podem ser acessadas a partir de qualquer dispositivo conectado à internet;
  • a informação pode ser facilmente compartilhada;
  • tem segurança embutida;
  • fica mais fácil gerenciar, pesquisar, recuperar e transferir as informações digitais dentro da empresa.

Além disso, existem também os benefícios orçamentários (redução de custos, melhor retorno sobre o investimento etc.) para a terceirização de todo ou de um pedaço do armazenamento dos dados da organização.

Mas, antes de falar das vantagens e desvantagens do backup em nuvem, vamos mostrar primeiro as diferenças desse modelo em relação ao armazenamento local, como era feito antigamente.

As diferenças entre armazenamento local e backup em nuvem

O backup corporativo dos arquivos da empresa pode ser feito de duas maneiras diferentes:

  • offline: quando os dados são armazenados em um data center físico;
  • online: com o armazenamento das informações na nuvem.

Enquanto o backup offline tem a vantagem de poder ser mais rápido, já que você não precisa se preocupar com velocidade de conexão com a internet, ele também é mais vulnerável a danos físicos e ataques de crackers (hackers criminosos). Seria como transferir o problema de um lugar para outro, sem necessariamente resolvê-lo.

Mas então, qual a melhor solução? Investir no backup online, ou cloud backup.

O backup em nuvem tem tudo o que o modelo local oferece, contando ainda com diversas melhorias. A principal delas é não precisar do componente físico, fazendo com que todo aparato de servidores e manutenção de data center deixe de ser um problema.

Você não precisa mais se preocupar com possíveis falhas de equipamento ou em gastar rios de dinheiro na atualização de hardwares. Além disso, o backup na nuvem é melhor porque:

  • é mais seguro: o backup físico sofre com os problemas a que todo hardware está sujeito, as imprevisibilidades. Com o armazenamento na nuvem, você pode sentar e tomar seu café tranquilamente, sem se preocupar com a perda de dados;
  • é escalável: o espaço de armazenamento é completamente adaptável ao seu volume de dados, sem que precise realizar configurações extras de equipamento. Rápido e descomplicado;
  • é mais fácil de gerenciar: o armazenamento local exige cuidados e gestão presenciais, dois pontos que são dispensáveis quando falamos do backup em nuvem. Nesse caso, o gerenciamento pode ser feito de forma remota e apenas em alguns minutos;
  • reduz custos: o backup em nuvem permite reduzir gastos com hardware pesado e uso de servidores para suportar a capacidade de armazenamento que seu negócio precisa.

Isso significa que não é preciso investir no backup local?

Não necessariamente. Enquanto que o backup corporativo na nuvem pode lhe proporcionar diversos benefícios e servir para armazenar seus dados com confiabilidade, existe uma regra de ouro da segurança da informação conhecida como backup 3-2-1.

A regra 3-2-1 é um conceito que se popularizou com Peter Krogh, um conhecido fotógrafo americano. Ele escreveu que existem dois grupos de pessoas: aqueles que já tiveram uma falha de backup e os que ainda vão ter uma no futuro.

Pela regra, empresas devem seguir os seguintes passos para manter seus dados longe de riscos: possuir três (3) cópias dos seus dados disponíveis, em duas (2) mídias diferentes, com uma (1) armazenada em um local externo.

Isso significa que possuir um backup físico e um na nuvem é uma forma e cobrir essas três premissas e garantir que nunca algum dado será perdido seja qual for o problema que sua empresa enfrentar.

As vantagens e desvantagens da nuvem

A tecnologia de computação em nuvem hoje se tornou uma ferramenta que cada empresa usa ou planeja passar a usar. Os tipos diferentes de nuvens atendem às necessidades de todas as organizações.

Seja uma nuvem pública, uma nuvem privada ou uma nuvem híbrida, todas as três categorias são suficientes para balançar o mundo dos negócios. Contudo, tudo tem seu lado bom e ruim. Com essa série de vantagens da computação em nuvem, vêm também desvantagens correspondentes.

Acompanhe abaixo e entenda os prós e contras da computação em nuvem nos negócios:

Vantagens

1. Diga adeus a sistemas dispendiosos: a hospedagem em nuvem permite que as empresas desfrutem de gastos mínimos. Como tudo pode ser feito na nuvem, os sistemas locais dos funcionários são muito menos exigidos. O backup em nuvem economiza os gastos que seriam destinados a hardwares poderosos e onerosos.

2. Acesso de inúmeras opções: outra vantagem da computação em nuvem é acessar o ambiente de nuvem não só do sistema, mas também por meio de outras opções surpreendentes. Essas opções são tablets, netbooks e até mesmo celulares. Isso não só aumenta a eficiência, mas também melhora os serviços prestados aos consumidores. Os pedidos, documentos e arquivos valiosos estarão disponíveis com um único toque.

3. Despesa de software: a infraestrutura de nuvem elimina os altos custos de software das empresas. Os números de software já estão armazenados nos servidores de nuvem, dispensando a necessidade de comprar licenças de softwares caras. Além disso, a empresa sempre terá acesso à versão mais atualizada do sistema, sem ter que pagar mais nada por isso.

4. Dispositivos prontos para uso: os dispositivos de nuvem são como alimentos cozidos, estão sempre prontos para serem utilizados. Se você contratou novos funcionários, não precisará se preocupar com a instalação de softwares nos seus dispositivos. Aplicativos de nuvem estão prontamente disponíveis nas mesas dos seus colaboradores, bastando um simples navegador com acesso à internet.

5. Redução do custo dos servidores tradicionais: o backup em nuvem elimina os enormes custos com servidores locais da empresa. Os custos extras associados ao aumento da memória, do espaço no disco rígido e do poder de processamento são todos suprimidos.

6. Centralização de dados: outro benefício-chave dos serviços em nuvem são os dados centralizados. As informações para vários projetos e filiais diferentes são armazenadas em um espaço que possa ser acessado a partir de diferentes locais remotos.

7. Recuperação de dados: os provedores de computação em nuvem permitem o backup automático de dados no sistema em nuvem. A recuperação de dados no caso de um acidente de disco rígido muitas vezes não é possível, ou pode custar uma enorme quantidade de recursos e desperdício de tempo valioso.

8. Capacidades de compartilhamento: falamos sobre a acessibilidade dos documentos, vamos falar agora do compartilhamento. Todos os seus preciosos arquivos e informações podem ser enviados por e-mail e compartilhados sempre que necessário. Assim, você pode estar presente mesmo quando estiver fora da empresa.

9. Segurança em nuvem: o fornecedor de serviços em nuvem escolhe apenas os centros de dados mais seguros para suas informações. Além disso, para informações confidenciais na nuvem há auditoria adequada, senhas e criptografias.

10. Melhor plataforma: a cloud é a melhor plataforma para armazenar todas as suas valiosas informações. O armazenamento não tem limites e é para sempre seguro, ao contrário do seu sistema local.

11. Testes instantâneos: várias ferramentas utilizadas na computação em nuvem permitem que você teste um novo produto, aplicativo, recurso, atualização ou carga instantaneamente. A infraestrutura é rapidamente disponível, com flexibilidade e escalabilidade do ambiente de teste.

Desvantagens

Agora, vamos também verificar as desvantagens da computação em nuvem:

1. Conexão à internet: para a computação em nuvem, uma conexão à internet é obrigatória para acessar seus dados e informações.

2. Baixa largura de banda: com uma largura de banda baixa, os benefícios da computação em nuvem não podem ser aproveitados. Às vezes, mesmo uma conexão de satélite de alta largura de banda pode levar a um desempenho de má qualidade devido à alta latência.

3. Qualidade afetada: a internet é usada para vários propósitos, como ouvir áudios, assistir a vídeos online, fazer download e upload de arquivos pesados, fazer impressões de arquivos a partir da nuvem e por aí vai. A qualidade da conexão de computação em nuvem pode ser afetada quando muitas pessoas utilizam a rede ao mesmo tempo.

4. Questões de segurança: é claro que a computação em nuvem mantém seus dados seguros. Mas, para manter a segurança completa, a consultoria de uma empresa especializada é importante. Caso contrário, o negócio pode se tornar vulnerável a hackers e ameaças.

5. Acordos não negociáveis: alguns fornecedores de computação em nuvem têm contratos não negociáveis ​​para empresas. Pode ser desvantajoso, dependendo do seu modelo de negócios.

6. Comparação de custos: softwares em nuvem podem parecer uma opção acessível quando comparado a uma instalação interna de software, mas é importante comparar os recursos das duas opções antes de fazer uma escolha. Alguns recursos específicos e essenciais para o seu negócio podem não estar contemplados no software da nuvem. Às vezes, você pode receber cobranças extras pela adição de recursos adicionais.

7. Sem disco rígido: como Steve Jobs, o falecido presidente da Apple, afirmou: “Eu não preciso de um disco rígido no meu computador se eu puder chegar ao servidor mais rapidamente sem ele”. Mas algumas pessoas que usam softwares pesados ainda consideram essencial ter um disco rígido conectado.

8. Falta de suporte: se não tiver cuidado na hora de escolher o seu provedor na nuvem, você poderá acabar com um serviço que não ofereça o suporte adequado.

9. Incompatibilidade: às vezes, há problemas de incompatibilidade de software, especialmente quando pensamos na instalação de algumas aplicações, ferramentas e software a um computador pessoal.

10. Falta de conhecimento sobre a sua rede: é verdade que as empresas de computação em nuvem fornecem acesso a dados como CPU, RAM e utilização de disco. Mas apenas pense como seu insight se torna pequeno dentro dessa grande rede. Então, se aparecer um bug no seu código, um problema de hardware ou qualquer coisa, sem conseguir reconhecê-lo será impossível corrigi-lo.

11. Mínima flexibilidade: o aplicativo e os serviços são executados em um servidor remoto. Devido a isso, as empresas que utilizam a computação em nuvem têm controle mínimo sobre as funções do software, bem como hardware. Os aplicativos nunca podem ser executados localmente devido ao software remoto.

As aplicações de computação em nuvem SaaS oferecem menor custo total de propriedade. Os aplicativos SaaS não demandam grandes investimentos de capital para infraestrutura de suporte ou licenças. Os custos da computação em nuvem continuam variando e torna-se importante verificar os preços em andamento.

Para concluir, há prós e contras da nuvem, mas ela tornou-se uma parte obrigatória de cada empreendimento. Hoje, não se pode pensar em crescer sem desfrutar dos benefícios dessa nova forma de armazenamento de dados. Com as devidas precauções e esforços, as desvantagens da computação em nuvem podem ser minimizadas.

Sendo assim, os prós, sem dúvidas, superam os contras. Os custos minimizados, acesso fácil, backup automático de dados, centralização de informações, recursos de compartilhamento, maior segurança, armazenamento gratuito e testes rápidos falam por si. O argumento fica ainda mais forte com o aumento da flexibilidade e confiabilidade.

E para que você não fique para trás da concorrência e comece a investir na nuvem agora mesmo, separamos abaixo algumas das principais soluções de cloud backup para sua empresa. Confira!

As principais soluções para o backup em nuvem

A beleza da tecnologia em nuvem é que ela tem a capacidade de simplificar seus sistemas de TI, tornando mais fácil para o seu negócio crescer. Os dias de passar horas tentando navegar um sistema arcaico ficaram para trás!

A terceirização de sua tecnologia em nuvem pode dar à sua empresa mais foco, permitindo que seus funcionários se tornem mais eficientes. Veja abaixo algumas das principais soluções para o backup em nuvem:

Microsoft Azure

O backup do Azure é uma ótima alternativa aos modelos de backup tradicionais, além de ser um dos melhores serviços quando o assunto é cloud backup.

Com economias de custo significativas, tempo de recuperação mais curto e até 99 anos de retenção, os dados de backup no Azure são armazenados e replicados geograficamente. Além disso, o sistema mantém cópias dos seus dados em outros data centers na nuvem da Microsoft.

Ele oferece uma solução escalável (ou seja, você utiliza e paga somente pelo que precisa usar), com investimento zero de capital e baixos custos operacionais, o que te permite realocar recursos em outros investimentos necessários para a empresa. Seus dados ficam protegidos com segurança e com 99,9% de disponibilidade de serviço.

Seus maiores benefícios são:

  • conseguir reduzir em até 70% os seus custos com backup, incluindo o Serviço Gerenciado que te oferece tranquilidade operacional total;
  • eliminar a necessidade de manutenção da unidade de backup;
  • restaurar as informações em qualquer serviço com muito mais agilidade;
  • repor rapidamente os dados em caso de perdas.;
  • fornecer uma infraestrutura totalmente gerenciada e monitorada, com 3 backups dos dados em cada data center, replicados para, pelo menos, outros dois data centers com capacidade de replicação para várias localidades geográficas, se solicitado;
  • contar com várias medidas de segurança, como o gerenciamento de patches, monitoramento da segurança e proteção criptográfica de mensagens;
  • criptografar seus dados antes deles deixarem suas instalações e mantê-los criptografados no Microsoft Azure, de forma que só você e seus administradores terão a chave para acessá-los.

Amazon Glacier

O Amazon Glacier é um serviço de armazenamento de baixo custo que oferece armazenamento durável com recursos de segurança para arquivamento e backup de dados.

Ele permite aos clientes descarregar os encargos administrativos do armazenamento operacional e escalonar para a AWS, de modo que eles não precisem se preocupar com planejamento de capacidade, provisionamento de hardware, replicação de dados, detecção e recuperação de falhas de hardware ou migrações de hardware demoradas.

O Amazon Glacier é uma ótima opção de armazenamento quando o baixo custo de armazenamento é fundamental e você não precisa recuperar seus dados com tanta frequência. Entre as vantagens do uso dessa solução podemos citar:

  • baixo custo: o Amazon Glacier permite arquivar altos volumes de dados a um custo muito baixo. Como é um serviço do tipo SaaS, você paga somente por aquilo que usa;
  • resiliente: o Amazon Glacier oferece uma infraestrutura de armazenamento de longa duração. Suas informações são armazenadas com redundância em diversas instalações e vários dispositivos em cada uma delas;
  • simples: permite transferir a sobrecarga administrativa da infraestrutura de armazenamento operacional para a AWS. Os dados enviados para essa plataforma são armazenados com segurança pelo tempo que for preciso, sem necessidade de intervenções extras;
  • flexível: o Amazon Glacier oferece escalabilidade para atender a suas necessidades de armazenamento. A quantidade de dados que você pode armazenar é ilimitada, e é possível optar por armazenar os dados na região da AWS compatível com seus critérios regulatórios e empresariais.

IBM

O armazenamento em nuvem da IBM é parte de sua oferta empresarial SmartCloud, que inclui outros serviços, tais como o desenvolvimento de aplicativos baseados em nuvem e infraestrutura.

A principal desvantagem dessa solução é a falta de integração entre os vários aspectos da oferta SmartCloud. Por exemplo, a IBM vende sua solução de backup em nuvem e de recuperação, mas esses serviços não utilizam o Object Storage SmartCloud em seu servidor.

Porém, a IBM está comprometida em integrar seus produtos e serviços. Sua experiência em vender para departamentos de TI de grandes empresas dá uma vantagem significativa para que se torne um player importante no mercado de armazenamento corporativo na nuvem.

Os avanços no cloud computing e tecnologias de armazenamento estão criando desenvolvimentos interessantes para o backup em nuvem.

Essas soluções fornecem benefícios indiscutíveis para organizações que querem otimizar a alocação de recursos de TI, incluindo eficiência e confiabilidade, escalabilidade, acessibilidade e melhorias na recuperação de pequenos conjuntos de dados.

O preço baseado no consumo, ou seja, você paga somente pelo que usa, torna a abordagem de backup em nuvem uma alternativa atraente para armazenamentos em servidores locais — especialmente em tempos econômicos difíceis.

Pronto para começar a fazer o seu backup em nuvem? Conhece alguma outra vantagem ou desvantagem dessa tecnologia? Comente abaixo e compartilhe sua experiência conosco e com nossos demais leitores!

Sobre o autor

HD Store

Deixar comentário.

Share This